FAÇA DA ORAÇÃO UM HÁBITO

Daniel 6: 1-10
ESTUDANDO SOBRE ORAÇÃO - II


Introdução
             Nesta etapa do estudo, temos algumas questões respondidas sobre oração, questões bem básicas. Daqui e adiante estudaremos questões bem práticas sobre a oração.
             Não é interesse do estudo elaborar um estudo profundo sobre o tema, porque muito se tem escrito sobre oração, mas o povo de Deus continua orando pouco. Salvo grupos específicos de intercessão na igreja, a maioria dos irmãos mal oram 5 minutos por dia. Então o que mais precisamos fazer é orar e para isto precisamos de métodos eficazes.
             A oração eficaz não é apenas aquela que segue as regras bíblicas, mas entendo que a regra bíblica da oração eficaz é aquela que obtém resposta. Vejo vez por outra irmãos surpresos pela resposta de sua oração. Mas o propósito da oração não é obter resposta? Por que alguns se surpreendem? Porque não estão acostumados a fazer oração eficaz.


1) Dedique tempo a vida de oração
             Daniel 6: 10b – “como também antes costumava fazer”

a)Vivemos um tempo onde as pessoas mal têm tempo para almoçar, lanchar e/ou jantar. Tudo que fazemos, realizamos com “correria”. Esta é a temática deste tempo que vivemos. Pessoas trabalham e estudam a noite, outras trabalham até muito tarde, vivemos um tempo frenético.

b)Assim como temos de reservar tempo para comer, beber e atender nossas necessidades básicas, precisamos assim também atender nossas necessidades básicas da vida cristã: oração é um dos recursos que supre uma delas. Não pode, nem deve ser negligenciado. Tal qual seu corpo não pode viver sem comida e água, sua vida cristã não pode ficar sem oração e Palavra.

c) Daniel, o profeta, era um homem super ocupado. Ele tinha a tarefa de ser conselheiro de um rei. Seu trabalho requeria constante estudo, observação e sabedoria. Sua tarefa gerencial em uma corte exigia sua capacidade rápida de decisões. O que Daniel fazia era treinar seu espírito, mantendo sua vida de oração ativa. Nada atrasava, impedia ou podia atrapalhar sua vida de oração.

d)Quando entendemos o valor e poder da oração, não abrimos mão dela. Ao contrário, criamos condições e meios de orarmos e mantermos isto como habitual.

e)Segundo a Teoria de Maxwell Maltz, basta apenas 21 dias (3 semanas) para se criar um hábito. É o tempo que o cérebro leva para assimilar tal repetição. Assim é que eu te desafio a criar o hábito de oração. Treine seu espírito e submeta sua carne a tal tarefa.

f)  Seu espírito sempre estará pronto para orar, mas a carne sempre vai criar embaraços e limitações. Criar o hábito de oração vai colocar a carne no seu devido lugar. Ela estará habituada a tarefa que o espírito imprimir nela. Não comece amanhã a orar, faça isto hoje!


2) Falta de Disciplina – O maior Problema.
      Daniel 6: 4b – “...porque ele era fiel, e não se achava nele nenhum erro nem falta”

a)A característica do profeta Daniel é a sua fidelidade. Você sabia que uma pessoa comprometida com Deus e sua palavra tem disciplina? Uma das características de uma pessoal fiel é a sua capacidade de autodisciplinar-se.

b)Quando alguém ouve sobre disciplina, costuma pensar em castigo. Uma boa quantidade de pessoas traumatizadas com a educação recebida de seus pais, ou coisas que são ensinadas na igreja geram um pensamento de disciplina como algo muito ruim.

c) “Alguns entendem disciplina como castigo que produz obediência. No entanto, este conceito é muito limitado. A palavra ‘disciplina’ deriva-se de ‘discípulo’ e tanto uma quanto outra palavra, ambas tem origem do termo latino para pupilo que, por sua vez, significa instruir, educar, treinar, dando idéia de modelagem total de caráter. Assim, a palavra disciplina, além de significar, em sentido acadêmico, matéria, aula, cadeira ou cátedra, também é utilizada para indicar, em educação, a disposição dos alunos em seguir os ensinamentos e as regras de comportamento”.

d)“No campo militar, por exemplo, a disciplina é considerada uma qualidade a ser perseguida pelos soldados, com o objetivo de torná-los aptos a não se desviarem de uma conduta padrão, desejável para o bem comum da tropa, mesmo em situações de pressão extrema”. (http://pt.wikipedia.org/wiki/Disciplina)

e)A vida de oração requer disciplina militar, porque a oração é uma das armas de guerra que temos contra o inimigo de nossas almas. A resistência ao diabo se faz através da retidão e de uma vida de oração.

f)  Um bom atleta obriga-se a determinados padrões de conduta, porque tem um objetivo. Para alcançar sua meta ele deve se enquadrar dentro de um programa de dieta, de sono e treinamento. Evita exageros na conduta e afasta-se de bebidas alcoólicas. Priva-se de supostos prazeres, porque seu prazer na verdade é a adrenalina da competição e a glória da vitória. Orar não é diferente. Se quer vitória espiritual e a ação sobrenatural de Deus, precisa orar.


3) Acerte sua Vida Cristã – Adote o Padrão dos Vencedores
      Daniel 6: 10, 19-22
a)Daniel é um exemplo de homem de oração. O capítulo 10 de seu livro tem inspirado muita gente ao jejum e oração e sobre o tema batalha espiritual. A resposta de Deus ao compromisso de Daniel de jejuar e orar por um propósito é impressionante.

b)Neste capítulo 6 Daniel é julgado porque cumpre sua rotina de oração, quando alguns não estavam muito contentes com sua sabedoria e benção. Muitas vezes, nossa conduta reta diante de Deus incomoda pessoas a nossa volta. É por isto que precisamos orar. Nunca mude sua rotina de oração por causa de ataques satânicos. Ele quer te fazer parar de orar, pois sabe que a oração dos crentes o detém.

c) O resultado da vida de oração de Daniel é apresentada nos versos 19 a 22 do capítulo 6. Daniel sempre foi um vencedor, mas nunca viveu sem lutas e adversidades. Não se engane, não pense que porque vai orar, nenhuma luta virá, não! A oração te treina para as lutas. A oração te capacita ao enfrentar adversidades.

d)Daniel orava três vezes ao dia, sempre com seu rosto virado para Jerusalém, porque orava por seu país e a santa cidade. Sua oração tinha propósito, não era uma oração apenas de pedidos, era uma intercessão.

e)Quando os problemas e o confronto espiritual apareceram, Daniel não alterou sua rotina, nem para mais, nem para menos. Como fazia sempre seguiu fazendo. Isto é muito diferente de alguns irmãos. Quando estão bem, sua rotina de oração é muito, mas muito fraca. Não tem padrão algum de oração... e isto quando ora.

f)  Alguns, quando enfrentam adversidades aumentam sua rotina de oração. Antes orava três minutos, três vezes... por semana! Mas agora passa a orar quase todos os dias. Sempre está nas filas de oração e comparece aos cultos de oração de sua igreja. Isto até que a solução se manifeste e aí volta a sua rotina de oração... “mixaria”! Como ser um vencedor assim?

g)Se você tem vida de oração, cada adversidade não altera sua rotina, mantém-se orando uma hora, todos os dias, se assim vinha fazendo. A única coisa que altera é a força de sua expressão quando ora. Quando mantemos uma rotina forte de oração, nada nos abala, nada nos tira do sério. Se vier tempestade, tal qual Jesus, continuamos dormindo na popa do barco, porque sabemos que Deus está no controle, basta apenas uma ordem e tudo vai mudar. Basta uma palavra e o mar vai se abrir.

h)Quanto tempo você leva orando? Está acostumado a orar ou isto ainda não faz parte de sua rotina??? Talvez seja por isto que seja rotineiro na sua vida lutas, sem solução; adversidades e preocupações sem vitória; perseguições e sofrimento constantes. O modo como você age em oração na vida cristã, demonstra como você reage diante das investidas de satanás.


4) Acerte seu Relógio e sua Agenda
     
a)Se você ler o evangelho de Lucas vai perceber o padrão de vida de oração de Jesus. Poderá ver ali como Jesus gostava de se retirar, determinada hora do dia para orar. Era freqüente ele orar noites inteiras. Para chegar onde ele chegou e vencer o que ele tinha de enfrentar se fazia necessário uma vida intensa de oração.

b)Discipline-se e acerte um horário padrão de oração. Se não pode fazer uma hora direto, distribua isto entre a manhã, o almoço e a janta, ou manhã, tarde e noite. Se você continuar no padrão pequeno de oração que você vive, vai continuar recebendo as mesmas coisas que recebe até hoje. Mas se quer algo surpreendente, faça algo surpreendente!

c) Faça um programa de oração e escolha objetivos sérios. Aprenda interceder, sempre que estiver orando. Você já ouviu que oração é trabalho e o patrão paga bem?! Então, tal qual é rotineiro você sair para trabalhar, ir a escola, almoçar, etc. Adote uma rotina de oração: REVOLUCIONE SUA VIDA CRISTÃ!


Conclusão
         Agora mesmo, ore ao Pai e peça perdão a Ele por sua vida medíocre de oração. Seja honesto e sincero consigo mesmo: sua vida de oração tem sido uma lástima! (Se é que você não tem uma rotina de oração).
         Agora mesmo ore ao Senhor e programe a primeira oração deste dia, que você vai fazer como parte de sua rotina de oração. Se você trabalha em uma empresa e tem horário padrão para almoço, mude o comportamento após as refeições, comece reservando 5, isto CINCO minutos, para orar. Isto é um começo. Repita isto 21 dias.
         Amanhã, quando se despertar para orar, acorde apenas 10 minutos antes: DEZ MINUTOS apenas! Repita isto por 21 dias. Pronto, já terá criado uma rotina de oração. Após vá ampliando conforme for possível e repita por 21 dias, até que isto seja rotineiro.
                Se você não gosta de rotina, que bom! Mas é bom aprender que existem coisas rotineiras na sua vida, que você faz sem até perceber. Faça da oração isto, você talvez nem vá perceber, mas seus amigos e parentes logo verão que Deus, na sua vida, faz proezas. Sua vida será um rotina de milagres, proezas e bênçãos: BOA ROTINA!

Nenhum comentário: