MARCAS PASSADAS A GERAÇÕES FUTURAS

Deuteronômio 6: 4-9
4 Ouve, Israel, o SENHOR, nosso Deus, é o único SENHOR.
5  Amarás, pois, o SENHOR, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua força.
6  Estas palavras que, hoje, te ordeno estarão no teu coração;
7  tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te.
8  Também as atarás como sinal na tua mão, e te serão por frontal entre os olhos.
9  E as escreverás nos umbrais de tua casa e nas tuas portas.

Salmo 145: 3-7
Êxodo 20: 3-6


Introdução
            Quero compartilhar algo muito especial a cada um agora. Quero prosseguir na palavra deste momento iniciando com uma pergunta: O que estamos deixando de herança às gerações futuras? Que marcas você está deixando em seus filhos e em seus netos? Você está transmitindo ensino a sua geração? Como sua geração será conhecida, pela omissão ou pela participação em mudanças do seu tempo?

1. SÃO ENSINAMENTOS QUE NÃO SÃO APENAS PALAVRAS, MAS EXEMPLOS DE VIDA.
           É muito significativo o que está no verso 6 e 7 – “e estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te”.
            Isto nos fala de algo que estará enraizado, marcado, fixado em nós, de tal maneira que em qualquer coisa que fizermos nosso filhos verão que fazemos movidos pela verdade da Palavra que absorvemos e colocamos em nosso estilo de vida.
ð  A palavra inculcar – vem do hebraico Nnv shanan – que quer dizer aguçar. A conjugação do verbo é muito forte e dá a ideia de aguçar com muita força, de modo intenso. Deus quer que você ensine de modo intenso e forte a seus filhos.
ð  A ideia de falar, do hebraico rbd  - davar, também traz a ideia de intensidade, no sentido de falar intensamente, manifestando promessas, desatando palavras poderosas.
ð  Tal afiar e falar intensamente é colocado junto com as expressões assentado, andando, deitando ou levantando-se dando a ideia de que a palavra ensinada deverá ser ativa e abundante em nós. Você precisa acreditar fervorosamente na Palavra de Deus e ensiná-la a seu filho como se ela fosse o único bote salva-vidas para ele, porque é na verdade!
ð  Tal fé, confiança e envolvimento de sua parte com a Palavra lhe levará a ensinar seu filho pelo seu exemplo. Ele verá o que você faz e o progresso do que você faz e desejará servir a Deus como você.


2. NOSSOS FILHOS TENDEM A AMAR O QUE AMAMOS E A TEMER O QUE TEMEMOS
a) Amar a Deus mais que tudo
            - Sua família é a coisa mais preciosa que existe, depois de Deus.
            - Lembre-se sempre das palavras de Jesus, que diz que aquele que tiver deixado, ou amado menos a pai, mãe, esposa, irmãos, filhos, receberá 100 vezes tanto mais nesta vida e por fim a vida eterna. Ame seus filhos e cônjuge, mas coloque sempre a Deus em primeiro lugar. Que Ele tenha preeminência em sua vida e em tudo que faça.

b) Medos que eles observam em nós são o que eles podem temer também. Conheço muito filho que recebeu de seu pai ou mãe um temor terrível por determinados animais e/ou situações. Não ensine seus medos a seus filhos. Ensine-os que o medo é bom, mas que sejam mais ainda destemidos.


3. ENSINE-OS A ODIAR O PECADO
            a) Essa é a geração que vai curar os abusados
            > Abuso Moral
            "A violência doméstica é um problema universal que atinge milhares de pessoas, em grande número de vezes de forma silenciosa e dissimuladamente." Dr. Geraldo José Ballone, psiquiatra
            O abuso moral é a prática direta de por meio de palavras ou atitudes desmerecer uma pessoa, humilhando-a no seio do grupo que está inserido, familiar, empresarial, escolar e qualquer outro. O abuso moral é a prática constante de levar uma pessoa a sentir-se violentamente agredida em palavras ou menosprezo a sua condição social, econômica e/ou intelectual. O abuso moral é uma violência psicológica.

            O abuso moral pode se dar:
=  No lar – especialmente este tal abuso é imposto pelos pais que desmerecem um filho(a), humilhando-o(a) com palavras e tecendo comentários depreciativos a sua conduta. Gritos e palavrões que depreciam a criança, especialmente quando esta sofre de enurese, que é urinar na cama. Outras situações são quando o filho não vai bem na escola, ou é socialmente menos dotado. Quando a criança parece ser mais fraca que outros o pai pensa estar lhe estimulando chamando-o de nomes incluídos em humilhações de palavra de baixo calão, ou depreciando fortemente sua incapacidade. Esta prática é uma profecia má contra os próprios filhos. Somente um(a) filho(a) que decide ser o contrário da alcunha que seus pais lhe impõe é que torna-se livre e capaz de conduzir seu próprio destino. Nossos filhos devem ser criados com disciplina e amor, nunca só com disciplina e nunca só com amor.

=  Na escola – hoje chamamos este tipo de abuso de büllyng, que pode ser: “mexer com, tocar, causar incômodo ou apoquentar, produzir apreensão em, fazer caçoada, zombar e falar sobre”, entre outros. Muitos já sofreram isto na escola. Em alguns casos há crianças que são extremamente humilhadas na escola. Entretanto, é a pessoa que decide se vai viver sob as alcunhas dadas por seus “colegas” ou não. Cabe ao pai ensinar seus filhos a minimizar isto. Ninguém quer mais humilhar alguém que aprendeu a rir de si mesmo e ri das gozações dos colegas. Exemplo. No passado quando eu reclamava a meu pai ou mãe sobre as zombarias que os garotos faziam por eu ser “crente”, eles me ensinaram uma coisa muito boa. Os meninos diziam pra “zoar” comigo: ‘aleluia, irmão!’ e muitos deles repetiam a mesma coisa. Papai dizia, repita pra eles 1) Amém e ria; 2) lingüiça no prato farinha na cuia e ria-se a valer. Essa prática levou-os a esquecerem-se de mim. Que vai zombar de quem já ri de si mesmo e brinca com a zombaria alheia?

=  No trabalho – isto é crime. “Ser ignorado por um colega de trabalho ou pelo chefe ou levar uma bronca não significa necessariamente abuso moral. O problema reside no comportamento intimidador, persistente e abusivo, detonado com o único objetivo de deixar a pessoa humilhada, chateada e aterrorizada. Outro ponto a esclarecer: o assédio moral pode ser praticado por chefes ou colegas de trabalho, pessoas de qualquer escalão”(http://ceatdeamerico.blogspot.com.br/2011/05/voce-sabe-o-que-e-abuso-moral.html).

            Podemos encerrar com o ciclo de abusos morais, evitando-o dentro de casa. Na maioria das vezes, o abusado se torna um abusador. Treine seu filho a saber lidar com a pessoas que gostam de humilhá-lo e evite humilhá-lo. Treine-o a saber lidar com palavras duras e as críticas que receberem.
             
            > Abuso Sexual
            Estamos vivendo um tempo onde tudo que é oculto está sendo exposto. Quantos anos os abusos sexuais ficaram escondidos no seio da família, sem que os abusados tivessem uma voz para se libertarem de suas angústias! O abuso sexual é o responsável por mulheres e homens frustrados em seus relacionamentos conjugais. É claro que a impotência, a ejaculação precoce e outras formas masculinas de frustrar seus relacionamentos não tenham como fonte exclusiva o abuso sexual. Porém a maioria das mulheres sim. As crianças são as maiores vítimas desta violência a sua personalidade.
            > O Exemplo de Xuxa Meneguel - No dia 20 de maio a artista Xuxa foi a televisão, no programa Fantástico, e abriu seu coração, falando sobre os abusos sexuais de que foi vítima até os 13 anos de idade. Os abusadores estavam entre as pessoas de confiança e conhecidas de sua família, como sempre ocorrem nesses casos.













        
         - O Exemplo de minha esposa – Quando a conheci ela era uma moça muito fechada e com dificuldades de manifestar seu amor. Aos 10 anos de idade ela sofreu com o abuso sexual, da parte de alguém que fazia parte de sua família. Com a poderosa mão do Senhor e depois de compartilhar-me tal história e após orarmos sobre o assunto aquilo tornou-se apenas uma lembrança e não mais um trauma.
            - O sofrimento dos abusados – Crianças são abusadas por padrastos, cunhados, tios, avôs, pais e até irmãos. As esposas destes devem prestar atenção à criança. Uma criança que já tinha abandonado a pratica de urinar na cama e volta a fazê-lo; que desperta frequentemente a noite aos gritos; que tem medo de estar com um determinado adulto; que se mostra desesperada quando tem de ficar em determinada casa onde há algum homem; que sendo ativa e comunicativa, de repente se torna fechada e solitária; que não encara determinada pessoa que se há suspeita deste comportamento vil. A criança abusada está sofrendo, fechada em sua dúvida e culpa.
            - Argumento falso – Abusadores argumentam que a criança estava se oferecendo. Por razões do mundo que vivemos, bombardeados por cenas de sexo em TV, filmes, revistas e jornais, uma criança pode ter despertada a sexualidade ainda muito cedo. Mas cabe ao adulto limitar a criança “oferecida”. A criança não sabe o que está fazendo. O adulto que abusa sabe o que está fazendo! Ele só não sabe o dano psicológico que está causando a criança!
POR FAVOR, LEIAM OS SINAIS DA CRIANÇA! OUÇAM-NA! ELA ESTÁ PEDINDO SOCORRO SILENCIOSAMENTE! ACREDITEM NA CRIANÇA SOBRE ESTE ASSUNTO!


4. ENSINE-OS A AMAR AS PESSOAS
a) Romanos 12: 18-21 nos diz.
18 Se for possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens.
19 Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira de Deus, porque está escrito: Minha é a vingança, eu retribuirei, diz o Senhor.
20 Antes, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber; porque, fazendo isto amontoarás brasas de fogo sobre a sua cabeça.
21 Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem.
            Viva isto em seus dias e transmita isto a seus filhos.

b) Não ensine seus filhos a desrespeitar as autoridades.
            Vivemos um tempo estranho. Os pais estão ensinando seus filhos a serem vingativos, como eles são.
            > Por causa de maus professores, os bons perderam a sua autoridade na sala de aula. Não sou adepto ao castigo imposto pelos professores da antiga. Porém as crianças precisam respeitar os professores. A grande maioria que aqui me ouve, faz parte de uma história de que quando chegávamos em casa e reclamávamos dos professores, normalmente nossos pais diziam que o professor com razão nos repreendeu. Quando muito, alguns pais, sem que seus filhos soubessem, procuravam o professor para saber em privado o que estava acontecendo.
            > Perdoe alguns pais pelo que vou dizer. A falta de atenção que damos aos filhos, por motivo de excesso de trabalho, não justifica protegê-lo demais, valorizando mais a versão dele do que a dos mais velhos e das autoridades sobre nossos filhos.
            > Somos uma geração chamada de trabalho. Alguns trabalham tanto que tentam compensar sua ausência com presentes e proteção descabida. Alguns pais precisam avaliar se vale a pena ter um pouco mais de dinheiro em casa ou ter mais atenção pelos filhos.
            - Exemplo: Esta semana, em São Paulo, uma criança de 6 meses morreu em uma creche. A creche argumenta que deu o devido tratamento a criança levando-a ao médico. Porém a criança veio a óbito. Os pais somente souberam quando foram buscar a criança na creche. Quem foi o responsável? Não sabemos. A mãe, inocentemente se culpando, argumenta que estava tentando sair do emprego para cuidar de sua filhinha: que dor!

c) Honre as autoridades e transmitam este modelo de sua vida a seus filhos.


5. ENSINE-OS COLOCAR NO CENTRO DE SUA VIDA CRISTÃ O LOUVOR, A ADORAÇÃO JUNTO COM A PALAVRA.
            Eu poderia falar sobre a importância dos Dízimos e Ofertas. Poderia falar sobre a importância da oração. Porém meu foco agora é o poder do Louvor e da Adoração.
           
            a) Palavra como Centro de Tudo – Não gosto de como alguns argumentam, dizendo que a Palavra é a ponto alto e central de um culto. Alguns dizem que querem mesmo é a Palavra. Irmãos, eu quero a presença de Deus! Ainda que ele não fale nada, mas se eu puder perceber a presença dEle, já me realizo como seu filho.

            b) Salmo 145: 3-7 é um texto poderoso. Leiamos:
3 Grande é o Senhor, e mui digno de ser louvado; e a sua grandeza é insondável.
4 Uma geração louvará as tuas obras à outra geração, e anunciará os teus atos poderosos.
5 Na magnificência gloriosa da tua majestade e nas tuas obras maravilhosas meditarei;
6 falar-se-á do poder dos teus feitos tremendos, e eu contarei a tua grandeza.
7 Publicarão a memória da tua grande bondade, e com júbilo celebrarão a tua justiça.

            > É mui significativo o verso 4: Uma geração louvará as tuas obras à outra geração, e anunciará os teus atos poderosos.
Louvará é > xbv shabach (segundo Strong)
1) acalmar, apaziguar, tranquilizar – forma normal
     1a) (Piel) apazigar, acalmar – ideia de intensidade
     1b) (Hifil) acalmando (particípio)
2) enaltecer, louvar, elogiar
     2a) (Piel) – ideia de intensidade
             2a1) enaltecer, louvar (a Deus)
             2a2) elogiar, celebrar (os mortos)
     2b) (Hitpael) jactar-se

           > A experiência de Marcos Witt na apresentação de seus 25 anos ilustra esta ideia de uma geração louvar a outra geração as obras do Eterno. Luiz Gándara, um empresário mexicano, estavas as voltas com uma grande dívida, lá pelos anos de 1989. Nesta época a moeda mexicana teve uma desvalorização imensa e aquele empresário passou a dever de um dia para o outro 3 vezes mais. Desesperado, em seu carro, levava uma arma para tirar a própria vida. No carro ouvia a música "Renuevame" de Marcos Witt e passou a ouvi-la repetidas vezes. A mensagem da música mudou seus planos e o Senhor endireitou os passos de Luiz e levantou sua cabeça. Mudou o rumo de sua vida e resolveu voltar a luta, revertendo a situação de sua vida. Depois que escreveu um testemunho de 7 páginas a Marcos Witt, este ficou impressionado com o relato. Em 1991, na cidade de Juárez, Mexico, Luiz Gandara foi visitar Marcos, durante as gravações do CD "Tu y Yo", levando consigo sua filha Marcela de apenas 8 ou 9 anos. Após 20 anos, no show de comemoração dos 25 anos do Ministério de Marcos Witt, um testemunho tremendo de transformação. Marcela é agora, Marcela Gándara, uma das mais importantes cantoras evangélicas da América Latina. 



            è Salmo 78: 4 - “Não os encobriremos aos seus filhos, cantaremos às gerações vindouras os louvores do Senhor, assim como a sua força e as maravilhas que tem feito”.

            c) Nossos filhos precisam amar o Louvor e a Adoração. A palavra é algo poderoso, para nós. Mas o Louvor é poderoso para Deus. Salmo 22: 3 diz que o Eterno habita no meio dos louvores de seu povo.

            d) Precisamos de uma correção da nossa rota. O que estamos demonstrando a nossos filhos sobre este assunto? O que você ouve de música em casa: pagode, sertanejo, bossa nova, romântico, ou louvor? Seus filhos veem você envolvido na adoração na casa de Deus?



CONCLUSÃO

            Façamos uma avaliação de nossa vida em família. Que marcas abençoadas estamos deixando com nossos filhos? Cabe agora a cada um uma boa reflexão.
            Deus te abençoe! 

Nenhum comentário: