JEFTÉ, TIPOLOGIA DO CRISTÃO AUTENTICO


Juízes 11: 1 – 12: 5


INTRODUÇÃO
          Encontramos neste texto bíblico uma linda analogia a vida cristã de hoje. Temos aqui a história de Jefté, cujo nome quer dizer: “O Senhor Abre” - ou simplesmente, “Ele Abre”. Através da vida de Jefté vamos destacar 7 características de um autêntico cristão. Isto porque Jefté é uma linda analogia a vida do cristão de hoje. O exemplo de vida deste juiz na era da implantação do povo de Deus na terra prometida nos ensinará coisas muito interessantes, que caracterizam um cristão de verdade.
          Jefté é o exemplo de vida que tinha tudo pra dar errado, mas deu certo, porque resolveu viver sua vida aliançado com Deus. Veremos nessa linda história que o segredo de tudo é de como procuramos agradar a Deus em nossa jornada.


1. NÃO SE PREOCUPA COM SEU PASSADO
          Versículo 1 nos mostra que Jefté era um homem valente e valoroso, porém era filho bastardo de Gileade e ainda por cima, filho de uma prostituta.
a)    Temos um primeiro problema na vida de Jefté. Como sua mãe era uma prostituta, eu imagino que com ele valia o uso de um palavrão que, com certeza, os que estão lendo sabem qual é. Até imagino se Jefté vivesse hoje e fosse juiz de futebol ou mesmo jogador. A ofensa feita a ele em um estádio faria verdadeiro sentido.
b)    Para completar o problema na história deste juiz, Gileade, seu pai, não havia tirado a mãe de Jefté da vida pecaminosa, ele havia pecado com ela, mesmo sendo casado. Pra completar e piorar a história, a esposa de Gileade teve vários filhos, que quando cresceram se deram conta de que o garoto que cresceu com eles, não era filho da mesma mãe e ainda por cima era filho de uma desclassificada.
c)    Jefté é a típica pessoa que tem um passado horroroso e tem tudo pra dar errado na vida. Porque além de ter em seu histórico coisas como as já citadas, é rejeitado, discriminado pelas pessoas. É uma situação horrível para alguém. Especialmente que Jefté não é culpado do pecado de seu pai e nem de sua mãe. Ele simplesmente, “caiu de paraquedas” nessa família e tem que conviver com isto.
d)    Ele simplesmente não leva em consideração estes dados de sua história, ele resolve mudar sua história sendo um homem valente e valoroso. Ele tinha tudo pra ser um homem covarde e mau caráter. Porém, de acordo com o que vemos no texto ele ignora seu passado e constrói seu futuro.
e)    Crentes como Jefté não choramingam seu “sofrimento”. Eles decidem não ser produto do meio que vive, ele simplesmente constrói seu futuro nas mãos de Deus e resolve ser um exemplo, um modelo de homem de Deus.


2. SEMPRE É LÍDER PORQUE INFLUENCIA POSITIVAMENTE
          Como foi expulso de sua casa, pelos irmãos, Jefté poderia ter assumido uma postura de oposição e se fechado em si mesmo. Porém não é isto que ele faz.
a)    Como ele já era um homem valente e valoroso era líder em meio a sua família. Quando expulso de casa, ele não perde a característica de líder. Como, pessoas de bem não quiseram se aproximar dele, porque o discriminavam, pessoas injustiçadas e desprezadas pela vida se aproximaram dele.
b)    Esta situação demonstra que Jefté é uma pessoa de influência. Você não pode pensar que liderança é simplesmente estar à frente de pessoas exercendo uma chefia ou gerência. Liderança é influência! As pessoas simplesmente queriam seguir Jefté. Ele não é uma pessoa de má influência, mas as pessoas com problemas agora querem se aproximar dele. Por que isto? Porque quando se é líder, as pessoas sempre vão querer estar no grupo que você estiver, não importando qual. Como servo de Cristo você foi chamado a exercer influência sobre as pessoas.
c)    As pessoas simplesmente vão querer imitar algumas coisas que você faz, porque a ação de Deus em sua vida faz que as coisas deem certo! Crentes como Jefté são referência de vitória. Isto tem um motivo. É o conteúdo do próximo ponto.


3. TUDO QUE FAZ TEM O ETERNO COMO PROPÓSITO
          Neste capítulo 11 de Juízes encontramos um dado significativo na vida de Jefté. Várias vezes ele se refere ao Eterno Deus. Um exame de alguns versículos poderemos perceber que as atitudes deste juiz sempre tem a pessoa de Deus envolvida. Toda liderança de Jefté se move baseada na relação dele com o Deus de Israel.
 Crentes como Jefté confiam unicamente no Senhor. Eles não confiam em sua própria força e não dependem de sorte. Para crentes como Jefté, eles oram a oração do Pai Nosso e procuram aplica-la a cada dia de sua vida. Todo o projeto de suas vidas está baseado no que Jesus disse em Mateus 6: 33 – Mas buscai primeiro o reio de Deus e a sua justiça...

=> É impressionante como algumas pessoas acreditam que tudo que lhe ocorre é por causa de sua própria capacidade. O comportamento que centraliza o homem e glorifica sua própria vontade é baseado numa fé satanista.

=> Sua vida deve ser baseada em Salmo 23, Salmo 91, Salmo 86 e Salmo 37: 4-7 e mais Salmo 112: 1, Salmo 128 e Filipenses 4: 13 – “Posso todas as coisas naquele que me fortalece”.


4. NÃO TOMA ATITUDES BASEADA NA VINGANÇA
          Quando Jefté foi procurado por aqueles que o expulsaram de sua casa e de seu convívio familiar lembrou-lhes a atitude que tomaram. Queria saber se estavam de fato convocando-o para a guerra ou se apenas estavam zombando dele. Tendo identificado que era verdadeira a convocação e o pedido para chefiar o povo, não se vingou. Poderia ter feito com eles o que lhe fizeram. Mas entendeu ser uma oportunidade de Deus para ele e ao mesmo tempo não guardava mágoas em seu coração.
=> Essa característica faz parte dos verdadeiros crentes: eles são perdoadores. Ele sabe que a vingança pertence ao Senhor e não se preocupa com as humilhações que lhe fazem sofrer. Na hora certa o Senhor o honrará, porque acredita na Palavra de Deus: Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.
=> É preciso uma dose de fé para acreditar que perdoar libera para nós a ação de Deus. É impressionante como as pessoas amaldiçoam umas as outras e dizem ser cristãs. Crentes como Jefté não agem assim.


5. É PESSOA DE UMA SÓ PALAVRA
          Vemos neste capítulo 11 o voto de Jefté. Ele resolve fazer um propósito com Deus. Caso ele vença seus inimigos, ele se propõe a oferecer a Deus a primeira coisa que sair de sua casa, quando ele voltar a ela. O texto nos mostra que sua filha única é quem sai ao seu encontro após sua vitória. Talvez, quando ele fez o voto, imaginou que poderia lhe sair ao encontro um cão, um bezerro, qualquer animal de seu rebanho. Para sua surpresa, sua filha é quem sai a seu encontro. Aí aprendemos algumas coisas.
a)    Se fizer um voto ele paga, ainda que isto lhe seja um dano. Salmo 24: 3-4; Eclesiastes 5: 1-5. Há muita gente que não vive de acordo com o que a Bíblia diz que deve viver. Falam uma coisa e fazem outra. São pessoas que não vivem de acordo com o que está escrito na Palavra.
b)    Aqueles que o conhecem sabem que ele é de uma só palavra e o imitam. A filha de Jefté declara que ele deve cumprir nela seu voto. Ela reconhece que seu pai é homem de palavra. As pessoas reconhecem um cristão de verdade, porque sabem que ele faz o que fala e vive o que fala.
c)    Jefté honra a Deus com suas palavras e cumpre o que a Deus promete. Não podemos ser crentes que vivem de voto em voto não cumprido.


6. APRENDE A VIVER COM OS TRAIDORES
          O capítulo 12 de Juízes nos apresenta uma situação contrária, muito comum hoje em dia. Jefté vence os inimigos de Israel, Deus o honra por seu voto e obediência a Palavra. Porém gente do próprio povo de Deus se levanta contra ele por puro ciúmes. Os Efraimitas reclamam porque Jefté não os chamou para a guerra. Eles se sentem ofendidos por achar que Jefté os desprezou. Ele sequer podia chama-los porque estavam em uma terra muito distante para se reunirem com ele e os soldados que arregimentou. Eles não avaliam isto. Somente se sentem ofendidos. São irmãos dele, mas se levantam para guerrear contra ele por causa disto.
*** Sempre que você obtém vitória, pela graça de Deus, pessoas de seu circulo de amizades manifestarão inveja e ciúmes. É impressionante como isto acontece! Parentes e amigos não vão manifestar alegria por sua vitória.
*** Aprenda a conviver com isto. Se você não se preparar para estas coisas, sempre vai achar que Deus está envolvido nisto e vai reclamar de Deus permitir essas coisas. Tais coisas fazem parte da vida. O joio sempre é semeado com o trigo. Há muito joio perto de nós. Satanás nunca fica contente com nossa vitória. Como ele não pode agir diretamente contra nós, providencia gente que vive perto de nós.
*** Sempre que obtiver vitória, fique tranquilo, é normal ouvir o que não deve e receber algumas peitas. Alguns Judas vão tentar roubar sua benção. Você é mais que vencedor e isto vai cair por terra, em nome de Jesus!


7. TEM UMA LINGUAGEM DE FÉ
          O capítulo 12: 4-6 é uma situação interessante, engraçada e ensinadora. Por causa da peleja dos efraimitas com os gileaditas uma senha foi criada para impedir o acesso dos primeiros à terra dos de Gileade. A senha compreendia em os efraimitas pronunciarem corretamente determinada palavra: SHIBOLETE. Um americano não consegue falar “carioca”. Ele pronuncia “kéurioca”. Um brasileiro não consegue falar Jorge em espanhol. É difícil! Tem de pronunciar “ror-re” e isto não tem comparação às pronuncias em português. Esta história nos ensina algo interessante.

     a) Efraimitas morreram porque não falavam igual os de Gileade. A linguagem dos gileaditas era diferente! Isto demonstra porque uns morrem e outros vivem: linguagem!

     b) A característica do cristão autêntico é que ele tem uma linguagem comum aos de sua espécie: Linguagem da Fé! Quando os problemas vêm ele vê oportunidade. Quando inimigos são mais numerosos que ele, ele se refugia no Senhor. Quando a calamidade lhe acomete ele não se põe a murmurar contra Deus, porque procura descobrir o propósito e o ensino de Deus naquela situação.

     c) Crentes como Jefté não falam “sibolete", isto é, linguagem de derrotado. Eles falam “shibolete”, que é a linguagem dos vencedores. Você já viu um americano tentar falar português? Existem sons em nossa língua, que só um nascido aqui ou que treinou muito pode expressar. Um carioca diz: "eu sou brasileiro, sou carioca" com o jeito malandro e descontraído de falar. Agora, um americano, ou qualquer pessoa que fala inglês, tentando falar isto logo denuncia sua origem. Esse, falaria assim: "eu sol brrrrésileiro, sol quéurrioca". Engraçado, não? - Pois bem, quem nasceu de novo usa a linguagem da fé, de transformado pelo poder de Deus... isto é logo identificável, depois de uma boa conversa. Desenvolva o hábito de usar as palavras corretas, de acordo com a Palavra de Deus. Quem tem um Deus tão grande não pode aceitar qualquer coisa, porque sabe que o Eterno sempre tem o melhor pra cada um de nós.


CONCLUSÃO
                        E aí, como vai ser com você? Se lhe falta uma das características aqui apontada, fica o desafio de buscar ser assim. Se você quiser obter vitória em toda sua vida, daqui para frete, precisa se acostumar a olhar sempre adiante. Não viva as dores do passado. Perdoe e nunca se vingue! Confie no Eterno e haja a altura dessa fé. Mantenha sempre sua palavra firmada nEle. Não mude de lado, quando as coisas não vão bem. Isto é, não abandone o caminho do Senhor e não se levante contra Deus. Mantenha uma atitude e uma palavra de fé. A vitória está chegando! Deixe que tenham ciúmes e inveja de você, isso só te torna mais que vencedor! Amém!

CHEGOU O TEMPO PARA CAXIAS - 70 ANOS

No dia 21/04/2013 – domingo à noite desafiei a Igreja a uma Semana de Consagração, que iniciaria no domingo seguinte. Embora nossa igreja esteja trabalhando para a construção do templo, julguei que Deus me impulsionava a uma consagração com a igreja e a busca-lo por causa disto. Porém o Senhor me orientou a busca-lo bem cedo, no domingo seguinte. O Senhor me disse que falaria o motivo da consagração. No dia 28 de Abril, bem cedo, o Senhor falou o Propósito da Semana de Consagração.

=; Primeiro me levou a ler JEREMIAS 29: 10-14a
10 Porque assim diz o SENHOR: Certamente que, passados setenta anos na Babilônia, vos visitarei e cumprirei sobre vós a minha boa palavra, tornando-vos a trazer a este lugar.
11 Porque eu bem sei os pensamentos que penso de vós, diz o SENHOR; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que esperais.
12 Então, me invocareis, e ireis, e orareis a mim, e eu vos ouvirei.
13 E buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração.
14 E serei achado de vós, diz o SENHOR...

Como, a princípio não entendi porque o Senhor me mandou ler este texto, perguntei-lhe a razão. Ele mandou que eu lesse a HISTÓRIA DE DUQUE DE CAXIAS. Eu moro a 22 anos em D. Caxias e não havia atentado para a história desta cidade. Descobri que D. Caxias:
            - Tornou-se distrito de Nova Iguaçú em 1931
            - Foi Elevada a Condição de Município em 31 dezembro de 1943
            - Dia 1º de janeiro de 1944 já tínhamos prefeito nomeado

=; Então compreendi: esta cidade faz 70 anos no dia 31 de dezembro de 2013. Deus estava me levando a uma intercessão pela libertação desta cidade. Baseado nisto o Espírito de Deus me levou a parafrasear o texto de Daniel 9: 1-2. Me permitam os senhores fazer isto, sem nenhuma falta de respeito a Palavra do Senhor.
=; Texto parafraseado de Daniel 9: 1-2
1 No ano primeiro de Alexandre Cardoso, da linhagem dos médicos, o qual foi constituído prefeito sobre os caxienses.
2 no ano primeiro do seu mandato, eu, Eduardo, entendi pelos livros que o número de anos, de que falara o Senhor ao profeta Jeremias, que haviam de durar as desolações de Duque de Caxias, era de setenta anos.
3 Eu, pois, dirigi o meu rosto ao Senhor Deus, para o buscar com oração e súplicas, com jejum, e saco e cinza.


         Por favor, leia as informações abaixo. Colhi alguns dados um pouco alarmantes de nossa cidade. Estou certo de que alguns de vocês já tinham conhecimento de algumas coisas destas. Creio que 3 problemas graves desta cidade estão para terminar, a partir de uma ação enérgica da Igreja de Deus desta cidade. Estes três problemas são: Violência, Miséria e Corrupção. Sei que existem outros problemas graves e que até são problemas nacionais. Mas estes três, como entendi da parte de Deus, são principais. Não quero dizer, com isto, que devemos buscar a Deus unicamente pela solução destes problemas, não! Também não posso deixar de lembrar-lhes que há muita coisa boa nesta cidade. Porém, ainda que haja tantas coisas boas, quero destacar os motivos de oração, aqui destacados.
         Fiz uma pesquisa e tomei cuidado para buscar dados mais próximos da verdade. Vejam isto:

INFORMAÇÕES GERAIS DE DADOS NEGATIVOS
CIDADE DE DUQUE DE CAXIAS

Com 855.048 mil habitantes, Duque de Caxias é o município mais populoso da Baixada Fluminense e o terceiro, do Estado, ficando atrás apenas da capital fluminense e da cidade de São Gonçalo. Para as eleições de 2012, 607 mil eleitores estavam aptos a votar.
A cidade emancipou-se da vizinha Nova Iguaçu em 31 de dezembro de 1943. O nome escolhido para o município foi uma homenagem a um de seus mais ilustres cidadãos, o marechal Luiz Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias, comandante das forças brasileiras durante a Guerra do Paraguai (1864-1870) e considerado patrono do Exército.
A cidade de  Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, é marcada por um contraste:

> Apesar de estar entre as mais ricas do país, os moradores ainda sofrem com a falta de serviços básicos. Com um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 25,7 bilhões, o município fluminense de Duque de Caxias é a 15ª maior economia municipal do Brasil, segundo dados de 2009 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Um importante componente da economia caxiense é o Polo Gás-Químico, que tem entre as principais empresas a Refinaria Duque de Caxias (Reduc), da Petrobras. Pelos números, parece que não falta dinheiro. Atualmente, alguns colocam a cidade como a 6ª economia, outros como a 8ª economia do país.

> Apesar disso, Duque de Caxias tem um dos piores índices de pobreza do Estado, com 53% da população vivendo nessa situação. Duque de Caxias carrega a marca de ser a sexta cidade mais violenta do país, O sistema de coleta e tratamento de esgoto do município também é considerado um dos dez piores entre as 81 maiores cidades do Brasil. Duque de Caxias tem o 2º pior saneamento básico no Brasil, perde apenas para Porto Velho. Está em 80º de 81 cidades avaliadas, de acordo com o Instituto Trata Brasil.

> O Instituto Trata Brasil é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, que visa coordenar uma ampla mobilização nacional, para que o país possa atingir a universalização do acesso à coleta e ao tratamento de esgoto e o fornecimento de água tratada. Recentemente essa conceituada instituição promoveu um estudo da evolução dos serviços de saneamento básico nas 81 maiores cidades brasileiras, criando um Ranking Nacional do Saneamento Básico. O estudo foi baseado nas várias informações prestadas pelas operadoras de saneamento nas cidades, assim como informações do senso demográfico do IBGE.
Duque de Caxias está entre as 15 piores cidades do Brasil em fornecimento de água tratada, onde menos de 80% da população tem acesso a este precioso bem e entre as 7 piores em tratamento do esgoto, com índice de tratamento igual a ZERO. Com esses índices, Duque de Caxias ocupa o Penúltimo Lugar no Ranking de Saneamento Básico no Brasil.


Pesquisa aponta: D. Caxias é a cidade do Estado do Rio de Janeiro mais violenta para jovens
Em pesquisa divulgada pelo Ministério da Justiça, O Mapa da Violência 2011, que mede o Índice de Vulnerabilidade Juvenil à Violência (IVJ) nas cidades brasileiras, o município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, apareceu em péssima colocação, sendo o primeiro do Rio de Janeiro em homicídios de jovens. No levantamento, realizado em 266 cidades brasileiras, com jovens entre 15 a 24 anos, a cidade ficou em primeiro lugar no estado do Rio de Janeiro e décimo sexto no País.

Homicídios de Jovens
Posição no Estado: 1º
Posição Nacional: 16º


Homicídios Totais
Posição no Estado: 3º
Posição Nacional: 52º


Problemas de Corrupção Destacados
JUSTIÇA BLOQUEIA BENS DE EX-PREFEITO DE CAXIAS E DE 24 ACUSADOS DE DESVIAR R$ 700 MILHÕES – O GLOBO de 24 de Janeiro de 2013.
RIO - A 1ª Vara Federal de Duque de Caxias concedeu liminar determinando o bloqueio e sequestro dos bens do ex-prefeito de Duque de Caxias José Camilo Zito dos Santos Filho e de outros 24 acusados de envolvimento em um esquema de corrupção que teria desviado mais de R$ 700 milhões da área de saúde no município. A Justiça também suspendeu o repasse de verbas públicas para duas organizações da sociedade civil de interesse público Associação Marca e IGEPP (ou Instituto Informare). As duas são acusadas de participar do esquema, segundo o Ministério Público Federal.

- Isto é apenas uma pequena parte de vários “esquemas” que rolam na cidade, visando roubar os recursos que são gerados na cidade.

Outro problema é o roubo de energia elétrica. Jornal Extra/O Globo noticiou recentemente:
Ao traçar o mapa do gato nas cidades que atende, a concessionária identificou na favela de Jacarepaguá o maior índice de furto de energia. Em segundo lugar, estão cidades de Belford Roxo e Duque de Caxias, na Baixada. Entraram ainda no ranking áreas dominadas por milicianos e traficantes, como as favelas de Campo Grande e o Complexo da Maré. Para fazer o mapeamento, a Light analisou o consumo de cada subestação. Em Belford Roxo e Caxias, só o Centro não tem um alto índice de gatos.

Alguns outros dados nos dão conta de que de toda energia elétrica fornecida a Cidade de Duque de Caxias, 47,5% é roubada. Isto quer dizer que cerca de 400 mil pessoas desfrutam da energia através de gatos. O pior é que membros em igrejas evangélicas têm gatos de energia e gatonet em suas casas. É comum na baixada fluminense, pessoas dirigirem seus carros sem carteira ou com documentação falsa e, isto, entre evangélicos. Como podemos falar contra corrupção se dentro do arraial do povo de Deus temos alguns deste problemas???



> SEJAMOS VOZES PROFÉTICAS QUE DECLAREM O NOVO TEMPO DE CAXIAS
O que podemos fazer diante destes fatos? Se somos a 6ª ou 8ª ou 15ª economia do país, por que a cidade é tão suja, desorganizada, violenta e com tantos problemas estruturais, como agora? Por que ainda temos igrejas com “gato” de energia elétrica e de água? Por que temos receio de vender “fiado” a maioria dos membros de nossas igrejas? Por que tantos irmãos e até pastores seguem dirigindo seus carros, com documentos irregulares e até sem carteira? Por que em D. Caxias e grande parte da baixada ainda há tantos bolsões de miséria? Como nós, homens de Deus, podemos influenciar para mudar este quadro? O que devemos fazer? O que a Igreja de Jesus deve fazer?


         Senhores, não quero falar de política, quero falar de oração, de palavra profética e de intercessão profética.
         Ap. Gutemberg Braga, em seu livro “A Importância de Discernir o Tempo” tem uma interpretação muito forte sobre o propósito da voz profética dentro de um discernimento do tempo. Amós 3:7 nos diz que “Certamente o Senhor Deus não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas”. Os propósitos de Deus devem ser cumpridos. Podem ser retardados, mas não ficam sem cumprir. Quando o profeta discerne o tempo, levanta-se como voz profética para ativar esse propósito de Deus dentro do tempo que foi estabelecido. Noé foi voz profética, que ativou o tempo do dilúvio; Daniel discerniu os tempos e foi voz profética para ativar a volta do cativeiro babilônico; Ageu discerniu o tempo e ativou a construção do templo de Zorobabel; João Batista foi voz profética ao tempo do Messias. Porque não houve discernimento do tempo, não houve voz profética para libertar Israel do cativeiro egípcio, assim atrasando sua saída em 30 anos, quando Deus havia falado a Abraão que duraria 400 anos, mas durou 430. Assim, entendo que é tempo de ativarmos o tempo de cura, libertação e saúde moral da cidade de Duque de Caxias. Setenta anos é um tempo profético e para D. Caxias, entendo, é muito forte e pessoal. Como canta Fernandinho, podemos dizer “Caxias, chegou o tempo... Caxias, chegou o tempo de Deus para ti”.


= Tenho uns textos para lermos: à 2 Crônicas 7: 14 – “e se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se desviar dos seus maus caminhos, então eu ouvirei do céu, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra”.
à Joel 2: 15-17 – “Tocai a trombeta em Sião (Duque de Caxias), santificai um jejum, convocai uma assembléia solene; congregai o povo, santificai a congregação, ajuntai os anciãos, congregai os meninos, e as crianças de peito; saia o noivo da sua recâmara, e a noiva do seu tálamo. Chorem os sacerdotes, ministros do Senhor, entre o alpendre e o altar, e digam: Poupa a teu povo, ó Senhor, e não entregues a tua herança ao opróbrio, para que as nações façam escárnio dele. Por que diriam entre os povos: Onde está o seu Deus?

= Quero lhe convidar e desafiar a levar sua igreja a realizar ATOS PROFÉTICOS, Reuniões de Consagração, Intercessão Profética ou o que você tenha de meios proféticos para trazer a esta cidade um tempo de refrigério. A palavra profética é que: TODA CORRUPÇÃO, MISÉRIA E VIOLÊNCIA DESTA CIDADE SAIA JÁ!!!
Se você compreende a missão da voz profética, no que tange a declarar o que Deus quer fazer, seja também essa voz. Declare do púlpito de sua igreja, declares nas ruas, nas praças desta cidade que o tempo de violência, corrupção e miséria desta cidade acabou. Duque de Caxias está se emancipando de tudo isto e mais outras coisas que estão agarradas a este histórico perverso.
Em 31 de dezembro deste ano, realize a Vigília de Fim de Ano como um Ato Declaratório do fim de TODA CORRUPÇÃO, MISÉRIA E VIOLÊNCIA nesta cidade de Duque de Caxias.

Sugiro que realize o seguinte:
1) Campanhas de Oração e Intercessão;
2) Proclamem Jejuns às suas Igrejas;
3) Realizem Cultos de Consagração com uma Intercessão Específica
4) Proclamem Semana de Consagração com o mesmo Propósito
5) Proclamem em todo bairro da cidade que o tempo de violência, corrupção e miséria chegou ao fim.
6) DECLARE FORTEMENTE nos seus programas de Rádio que TODA CORRUPÇÃO, MISÉRIA E VIOLÊNCIA de Duque de Caxias está fora!!
7) Realizem Atos Proféticos, que Declarem a Vontade de Deus para sua região em Duque de Caxias.

         Se cada um de nós fizer algo em sua região, Igreja, Células, Rede de Discipulado será tremendo!
         Não se preocupe, não quero ganhar os “louros” desta tarefa. Não precisa sequer dizer que eu lhe mandei este material. Fique a vontade para copiar, reformular, dinamizar este material. Se quiser montar grupos e ministérios com você e levá-los a trabalhar de outra maneira, a que você achar melhor, fique à vontade. Só não deixe de fazer alguma coisa!!!
Não estou falando de política, estou falando de abrir, rasgar os céus!
O que ligarmos na terra será ligado no céu, o que desligarmos na terra, será desligado no céu!



Deus te abençoe!